sexta-feira, 21 de maio de 2010

MEDITAR - ATENÇÃO PLENA

Meditar é sustentar a mente focada na respiração ou em um objeto de reflexão. A mente se disperça com muita facilidade, impedindo a clareza e o discernimento, o sentido e o significado do ser e estar na vida. Na disperção a mente se agita e se superficializa. Atenção focada é fruto de um processo contínuo e determinado, onde a vontade de disponibiliza livremente a permanecer no foco escolhido. A atenção é um dispositivo da mente, necessária nas relações e escolhas que fazemos a cada momento. A meditação apresenta os caminhos que permitem a auto-educação da mente qualificando nossa presença no mundo. As emoções nos capturam alterando a realidade e a plena atenção pode interferir neste jogo de tensões que muitas vezes pode ser altamente tóxico em nossas vidas.Grande parte de nossos conflitos e desavenças é porque perdemos o discernimento e com ele a plena atenção. A meditação é essencialmente uma prática, que feita com regularidade pode mudar o nosso cérebro e educar a nossa mente. Meditar é sair da asfixia das angústia e sofrimentos, cultivando um coração apaziguado que ilumina a nossa presença viva.
Abraços ****

Nenhum comentário:

Postar um comentário