sexta-feira, 29 de abril de 2011

SEM TEMOR COM DIFERENÇAS

A Paz não é um estado resignado ou ausência de guerra. A Paz é um estado de realização, sem temor de si e do outro, com plena aceitação das diferenças. Portanto, ser pacífico requer o cultivo permanente da coragem de reconhecer estados temerosos, para transforma-los através de ações conjuntas em redes comprometidas efetivamente com o espírito democrático, ou seja para o bem comum, que inclui e respeita. Sabemos perfeitamente o desafio que é aceitar o diferente e as diferenças. Aqui também é preciso a coragem para fortalecer e sustentar comprometimento e diálogo, no mais íntimo do nosso ser, para então ser possível extender ao outro e a todos os outros. Portanto, uma sociedade somente será verdadeiramente democrática, quando se dispuser a aprender a manejar-se éticamente nas relações do cotidiano, contemplando as diferenças que a constituem e a caracterizam.
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário