quinta-feira, 2 de junho de 2011

GESTO EXPRESSIVO

A velocidade que tende à superficialidade e a globalização capitalista que tende à massificação homogeneizante, facilitam o controle que impede a diversidade. Quanto mais iguais, maior o comando. A diversidade expressa a criatividade, o ser criativo que existe em cada Ser Humano. A criatividade do humano é a expressão da preciosidade da sua "alma", da sua sensibilidade. Quando tolhida a expressão criativa, o humano adoece e com ele o seu entorno. Os meios controladores do sistema afetam o gesto, o falar, o pensar, o movimentar e anestesiados somos conduzidos como uma massa a serviço das linhas de produção. Ter a coragem de viver criativamente, de buscar possibilidades inovadoras de expressão corporal, de imaginar e sonhar na plena consciência de Si mesmo, é viver a poesia que brota da "alma", o espírito manifesto no humano. O gesto expressivo, na riqueza poética dos movimentos corporais em todas as suas possibilidades é a pura manifestação afetiva, intuitiva, imagética. Como diria Jung, "imagem é alma", portanto há que fazer escolhas, onde quero eu ficar......
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário