sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

E A CAVERNA ?

Platão deixa como um grande legado à humanidade, a imagem da caverna, refletindo na necessidade do humano sair da caverna, que apenas vê as imagens refletidas nas sombras e ter a coragem de ver a luz do conhecimento, a luz da realidade dos acontecimentos e das formas. Então cabe a pergunta: Como sair da caverna? Será que, passados tantos anos após a afirmação de Platão, estamos nós pessoas humanas, depositando nosso esforço para querer ver a realidade dos fatos,dos acontecimentos em todas as instâncias por onde temos transitado? Como, de que forma, poderemos nos articular, para sair do "sono profundo" da lógica linear, dos favoritismos, da zona de conforto e conformismo, da atitude projetiva que se nega a assumir responsabilidade sobre as escolhas e as consequências das escolhas, para mudar e praticar o que temos professado, para encarnar os valores que temos proferidos em discursos comoventes, dando sentido e respeitando a vida e a humanidade? Acredito que as questões ontológicas e antropológicas precisam ser trazidas ao cenário de nossas vidas e em todas as suas instâncias, senão continuaremos imersos na obscuridade das sombras dos discursos internos que tem sustentado atitudes que impedem o avanço civilizacional e pior, reforçam um sistema mercadológico que está a serviço do lucro a qualquer preço, ao imediatismo, à ignorância, ao isolacionismo e consequentemente às sociopatologias. Então, onde está você, dentro da sua caverna, no caminho de saída ou já pode receber a luz do sol? São escolhas.
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário