segunda-feira, 2 de julho de 2012

REFLEXO E REFLEXÃO

As novas tecnologias abriram espaços diferenciados nas múltiplas formas das pessoas ocuparem e habitarem o viver cotidiano de suas vidas. Novas formas de deslocamentos nos espaços, novas experiências com o tempo, novos modos de relações, resignificando amplamente valores norteadores dos habitantes dos espaços sociais e de suas individualidades. As moradias contemporâneas adquirem novas formas onde proliferam os condomínios, megalópoles surgem em frenética velocidade, novas formas de ocupação dos espaços geográficos das ruas e avenidas, diferentes apresentações das praças e com elas novas formas de compartilhar saberes, meios de comunicação e deslocamentos, gerando respostas reflexas, automáticas, condicionadas totalmente desprovidas de reflexão. Pessoas que reagem deixam de agir. A criatividade fica estéril. Nestes lugares espetaculares, onde tudo muda para estimular o consumo, há um esgotamento do pensar desprovido de reflexão. Onde o barulho se torna intenso, a preocupação é com a acumulação, porém sem assimilação. Sem reflexão o ser humano passa a ser o homem-máquina, o homem da tecnologia, da especialização, do imediatismo superficial e repetitivo. Refletir é fundamental para a humanização. Onde queremos chegar? Abraços **** Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário