quarta-feira, 7 de julho de 2010

PRAZER E BEM-ESTAR

Biológicamente todo Ser Humano possui o dispositivo de ir em direção aquilo que lhe oferece prazer e bem-estar se afastando do desprazer. Neste processo, evolutivamente os humanos vão selecionando as formas prazeirosas que permitem o prosseguir da vida. Assim tem acontecido. Contudo ao longo dos últimos séculos os valores que preservam a vida, as relações para a manter convivências salutares, tem sofrido grandes alterações. A produção de mercadorias, o consumo,o poder da moeda ,a expanção das cidades na urbanização,tem alterado os valores de tal forma que o prazer hedonista da riqueza,do poder e da fama tem contribuído intensamente com a desarticulação das relações de convivência na busca do bem comum. O bem-estar como valor é fonte contínua de inspiração e felicidade para todos os humanos. No individualismo materialista onde o valor é o ter, o prazer da felicidade perde sentido, esvaziando as experiências e o que se vê são guerras que se travam pelos objetos do prazer hedonista.Jamais se viu uma guerra que tenha sido travada pelo prazer eudemônico, portanto qual é o sentido de prazer que iremos continuar sustentando?
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário