sexta-feira, 18 de março de 2011

O VIVO PULSA

Tudo que vive pulsa, tem movimento, se expressa. A vida é inteligente e ela quer passar. O corpo humano vivo é canal de passagem da vida. O vivo é anatômico, tem forma, tem fronteiras que são permeáveis. O vivo troca, estabelece comunicação entre o que está na superfície com o que está na profundidade. Quando o humano bloqueia as passagens da vida através dos padrões de rigidez ele deixa de ser permeável, se desnutrindo. A teia da vida é passagem, fluxo, rede, comunicação, diálogo entre o que está dentro de um corpo com o que está nos ambientes externos ao corpo, mas dentro do grande corpo da vida. Assim os corpos se nutrem, se comunicam, aprendem, amadurecem, construindo tecidos com sentido, no pulso incessante da vida. Viver o pulsar da vida é participar da grande teia da vida, é o ser Vivo em plenitude.
Abraços ****

Nenhum comentário:

Postar um comentário