quarta-feira, 27 de abril de 2011

BABAR E TECER

O corpo vivo faz corpo ininterruptamente. Enquanto vivos, nós humanos fazemos corpo, fazemos tecidos, tecemos corpo. Assim como as aranhas, babamos nas secreções e ao mesmo tempo tecemos a nossa teia interconectada, pulsando nas bolsas e camadas somáticas, processando ambientes. Com os ambientes experimentamos e entendemos o mundo e com os modos de pensar, de relacionar, gestuar, comunicar, co-construímos corpos no tempo/espaço. Produzindo corpo, produzimos conhecimentos, significações, símbolos, para expressar a si mesmo e dar passagem à vida. Viver plenamente é estar conectato consigo mesmo e com os ambientes, percebendo-se e sendo sujeito da sua própria vida, sendo esta uma experiência viva e única da existência humana.
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário