terça-feira, 2 de agosto de 2011

O ENTRE AS COISAS

Se pudermos refinar o olhar, poderemos perceber que existe um "entre" factual e existencial. Entre uma nota musical e outra, por menor que seja o espaço não é possível negar um "entre" na melodia. Um entre existe nas narrativas, nos pensamentos, falas, ações, decisões, fases da vida. Reparando bem em nossa vida, sempre estamos envolvidos com os nossos "entres" e parece que são nestes momentos de pausa ou ínfimos intervalos, que muitas coisas acontecem e que podem até alterar o curso de nossa tragetória. Parece que é no "in between", no meio, no intervalo entre algo que já se manifestou e algo que está por se manifestar, que o indizível se expressa e se estivermos atentos podemos captar a mensagem daquele presente, que passa, sendo quase um presente-passado na sua sutileza. O fato de não percebemos não significa que não exista, pois sentir a manifestação do "entre" pede presença atenciosa, pede refinamento da percepção. Aqui, neste espaço, a consciência se manifesta muitas vezes com grande clareza porém, dentro da agitação ansiosa não conseguimos captar
o inefável,o profundo mistério silencioso.
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário