quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

RIGIDEZ E SUAS MÁSCARAS

Por onde se esconde a rigidez? Muitas são as suas camuflagens para sustentar as aparências que negam a realidade. O rígido na sua solidão e fraqueza, necessita enrigecer-se, retesar-se, para dar conta destes sentimentos. Impedido de expressar sua raiva, seu choro, sua sensibilidade, sua fragilidade, a postura rígida se espreme, comprime suas fibras musculares e constrói um lugar de certezas com as quais tenta sustentar a qualquer custo, pois está impedido de fazer contato consigo mesmo. Captar seus sentimentos e necessidades parece excessivo para o rígido. Na sua aparência assertiva, não consegue se "dobrar" nem para si nem para o mundo, não porque não queira explicitamente, mas porque não pode, não tem condições internas para tal. Prefere o abandono de si, para manter uma forma padrão nos seus modelos construídos por ele mesmo, através de seus pensamentos e gestos. Sofrendo sozinho, no seu isolamento, não consegue estabelecer conexão e aqui ele se arrisca na prisão da patologia, orgânicafetiva. Reconhecer que somos todos dependentes e frágeis, potentes mas ao mesmo tempo sensíveis, é ter a coragem de olhar para si, para a realidade sem o desejo mortífero de manter as aprências. O rígido pede ajuda no seu silêncio, precisamos estar a seu lado,acolhe-lo com amorosidade.
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário