segunda-feira, 5 de março de 2012

O CAMINHO DA PAZ

Em tempos onde o valor confiança parece desfortalecido, onde a segurança é comprometida em todos os territórios, pois muitas vezes nos sentimos inseguros em nossa própria casa interior, almejar a paz, querer a paz, encontrar a paz, aspirar a paz, é algo que muitas pessoas estão em busca. Diante deste cenário, muitas são as ofertas, afinal num mundo capitalista não se pode perder a chance de "faturar". Na insegurança e desorientação interior, as pessoas acabam "comprando" qualquer proposta que prometa e garanta a felicidade e a paz, desde chás, ervas, banhos, livros, rituais, medicamentos, em fim ... tudo que faça esta pessoa humana encontrar um pouco de PAZ na sua vida. No entanto, este estado não é algo que se compra ou adquiri nas prateleiras reais ou virtuais disponíveis no mercado, mas é algo que se constrói com dedicação, disciplina, paciência, reta ação, amorosidade, boa vontade, esforço e constância. A Paz já está em nosso coração, em nosso corpo, mente e alma, basta acessá-la. A questão é saber onde está a chave de "ouro". A paz é um estado interior focado na atenção permanente, é uma escolha ética que acontece momento a momento de nossa vida, em cada presente de nossa presença viva e alicerçada nos valores fundamentais que dignificam a vida. Dignidade e humanidade se constrói junto com o outro, em cooperação e humildade, adaptação e preservação de todas as formas de vida. Paz é um estado de genuína alegria. "Quando temos paz interior podemos ficar em paz com aqueles que nos cercam. Essa paz requer prática, uma maneira de ser que nos permita romper o ciclo de violência e de ódio que impregna grande parte de nossa vida. A prática da atenção pode nos ajudar a descobrir o caminho da paz." esta é uma das grandes mensagens de S.S. Dalai Lama, basta praticar.
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário