terça-feira, 24 de abril de 2012

FAZER BEM-FEITO PARA SAIR PERFEITO

Em meio à grande diversidade de expressões, cada pessoa tem sua forma de ser, seu estilo na vida. Dentro da "cartela" de cores, encontramos os introvertidos, os extrovertidos, os caprichosos, os desleixados, os disciplinados, aqueles que precisam de uma certa pressão para realizarem algo na vida, e vai seguindo com inúmeras possibilidades combinatórias. Fato é que, educação e polidez cabe em qualquer lugar, portanto fazer o que se faz com empenho para o melhor e a excelência, nunca é demais. Se pensarmos na estética, ela prefere as proporções, às vezes combinações, encaixes, que ofereçam uma linguagem mais adequada e favoreça a comunicação afinal, arte que é arte é eterna. Eterna, porque imediatamente pode se comunicar seja com quem for, ela perdura no tempo. O cultivo de uma atitude de fazer bem-feito o que se faz, já é em si um ato artístico no compromisso com o melhor e o maior. Cabe à educação, em especial de nossas crianças, o incentivo constante para um fazer bem, de tal forma que esta criança cresça e enriqueça a sua forma de ser em todas as suas expressões preservando, buscando e se conectando com o melhor, com a excelência, cuidando da qualidade acima da quantidade, que muitas vezes privilegia a velocidade de produzir a qualquer custo, negligenciando as consequências do mal-feito. Fazer bem-feito para sair perfeito, é uma atitude que se cultiva, se educa, é fruto de um refinamento e que se estende em todas as expressões, seja na vida privada da intimidade preservada, seja no público, nas escolhas feitas no âmbito da liberdade. O bem-feito, é a face revelada da pessoa que não se contenta com o qualquer, mas sempre busca o melhor, não se submete ao rasteiro do vulgar , do " qualquer jeito", mas prefere esperar e pausar, sustenta um foco, respeita os tempos, sabe aguardar o tempo propício para agir e fazer bem-feito, e então receber o "perfeito" do feito. Abraços **** Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário