quarta-feira, 4 de julho de 2012

HUMANIZAR A HUMANIDADE

Humanizar a Humanidade talvez possa parecer uma meta ambiciosa e até paradoxal. Cabem aqui algumas perguntas: por que humanizar a humanidade, se a humanidade é constituída pelos humanos? Os seres humanos não são humanizados por princípio constituinte? ... Biologicamente os seres humanos são humanos , mas funcionam relacionalmente como ainda não humanizados. Muitos são os fatores: biológicos, culturais, ambientais, territoriais, dentre eles. No processo evolutivo, o ser humano evoluiu na sua eretibilidade e cerebralidade, mas é portador de um sistema cerebral reptiliano respondendo por impulsos, dos quais pouca consciência possui. Cognitivamente, estabelecendo diálogoentre o tronco cerebral, seu sistema límbico e seu neo córtex, ainda não consegue pela consciência responder ao meio de forma a sustentar relações cooperativas. A diversidade é uma realidade, biológica e cultural. Os diferentes territórios de onde se constituem os grupos humanos também causaraminfluências determinantes na qualidade das respostas do ser humano frente a seu meio.Pessoas nascidas em áreasmais úmidas, com florestas e águas abundantes, são diferentes de pessoas nascidas nas montanhas geladas com dificuldades para cultivo dos alimentos. Regiões ensolaradas são diferentes de regiões frias ou excessivamente áridas. Tudo interfere e altera as relações de convivência nos seus modos de ser e estar. O acesso à educação, água encanada e saneamento básico, meios de transporte,comunicação,tudo interfere nas respostas relacionais. Fato é que os desafios são grandes, mas o inaceitável é a desumanidade. Garantir a sobrevivência, isto já é possível, mas ainda não conseguimos garantir a convivência salutar. Falta humanização. Humanizar é acolher, é cooperar, é refletir para saber escolher, é presença com qualidade, é delicadeza. Será que conseguiremos? Abraços**** Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário