sexta-feira, 27 de julho de 2012

QUALIDADE POÉTICA


Dentre tantos aspectos revelados pela vida a qualidade poética é um espaço que sob a égide da tecnologia e precisão científica pode passar desvalorizado. Felizmente, em toda a história da humanidade a expressão artística  é fundamental para a vida da vida, em todas as espécies.  Seja na pintura, no teatro, nas artes plásticas, na literatura, na escultura, na dança, na música, na poesia, no romance, no cinema, em fim, nas mais diversas formas, a arte oferece ao ser humano uma consciência mais múltipla e  ampla do seu viver. A sensibilidade estética é um enorme enriquecimento para o ser humano, não podendo ser negligenciada jamais, pois faz parte da sua natureza. Poesia e prosa, são duas faces   da existência. Somos prosa, raciocinamos, organizamos nossas ideias e ações, tomamos decisões, mas igualmente somos poesia, através da amizade, dos encontros, dos afetos. Prosa e poesia, dois fios que se entrelaçam no viver. Se deixar ser limitado pela razão é abdicar da qualidade poética da vida. Imaginar, sonhar, criar, são aspectos que nutrem o viver. Encantar-se, alegrar-se, emocionar-se, viver o deslumbramento diante da natureza, sorrir, cantar, dançar, abraçar, para poder amar verdadeiramente, é revelar a essência do humano, na sensibilidade da sua humanidade. A escolha é pessoal: viver na miserabilidade apenas tecnicista ou ter a coragem de viver e expressar a poesia da alma humana.

Abraços    ****
Vivi 

Nenhum comentário:

Postar um comentário