quarta-feira, 8 de agosto de 2012

DECISÕES CONSCIENTES



Decisões conscientes começam com reflexão. Uma mente consciente da sua responsabilidade no viver e conviver, antes de tomar uma decisão se ocupa de todo um conjunto de elementos  para poder agir. Um processo pautado na própria reflexão, na simulação ponderada , numa espécie de “ensaio” de um cenário construído para selecionar as ações que sejam mais adequadas e agregadoras para aquele momento, diante daquelas circunstâncias, sem abdicar dos princípios éticos. Embora muitas vezes não tão perceptíveis, toda deliberação consciente tem por base a reflexão sobre o conhecimento e as experiências vividas, sobretudo quando temos que decidir sobre questões importantes em nossa vida. Educar nossa reflexão consciente para agir em nossa vida afetiva, em nossas amizades, nossa vida profissional, nas relações com as pessoas, as mais próximas e as mais distantes, em nossa vida cidadã e espiritual, talvez seja a base para qualificar nosso ser e estar no mundo. A consciência é uma conquista evolucionária do ser humano e portanto disponível a todas as pessoas, basta acessa-la com consciência. A capacidade de planejar e decidir de antemão, que ações queremos ou não queremos executar, é uma escolha que advém de um processo reflexivo.  Decidir e deliberar na plena consciência de si mesmo, é se fazer potente no viver. Dúvidas e inseguranças fazem parte do viver, a questão é se reconhecer nestes lugares e acionar o potencial para encontrar os caminhos mais conectivos e com mais encaixe,  para cada momento, diante dos acontecimentos. É estar consciente de si mesmo. Não há regras ou receitas, há bom senso, comedimento, discernimento.
Abraços    ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário