quarta-feira, 15 de agosto de 2012

UM MINUTO DA SUA ATENÇÃO



Na agitação os pensamentos se desorganizam, o coração acelera, a respiração fica superficial e a mente não consegue fazer foco.  Disperssão e superficialidade conturbam ainda mais, e os pensamentos ficam “pulverizados” e o raciocínio se perde completamente e com ele o discernimento, o bom senso. Este quadro tem haver com a falta total de atenção. Então, um minuto, por favor! Se conseguirmos parar por um minuto apenas, interromper o fluxo desordenado dos pensamentos direcionando o foco atencional para o simples ato de respirar, inspirar e expirar, tudo pode se organizar. Parece brincadeira, mas não é. Parece mágica, mas não é. Deixando a coluna ereta, se posicionar bem sentado em uma cadeira ou até mesmo em pé, e acompanhar com a atenção o ato de respirar, viabiliza ao cérebro um aporte de oxigênio maior qualificando as conexões neuronais, permitindo que o estresse se dissolva e tudo se acalme. O funcionamento cerebral está diretamente ligado à toda uma verdadeira cascata elétrica e química, através dos neurotransmissores no processo sináptico de passagem de informações, que o estresse tende a desorganizar, comprometendo a homeostase. Sob o estresse o cérebro , na sua necessidade de manter a sobrevivência, vai acionar hormônios para de alguma forma manter o organismo vivo, em funcionamento. Memórias são ativadas e a enxurrada de pensamentos tomam conta do sujeito gerando mais estresse. Para interromper este quadro, a respiração é o maravilhoso dispositivo. Pela atenção focada na respiração é possível retornar ao estado de equilíbrio. Portanto: um minuto de atenção!
Abraços    ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário