sexta-feira, 23 de abril de 2010

Fazendo corpo

É isto mesmo, fazendo corpo. O vivo se auto faz, se constroi permanentemente, enquanto vivo. Este lugar evidencia que podemos SIM mudar. Enquanto estivermos vivos, biológicamente estamos em constante mudança. Dentro desta "onda" viva se quisermos temos todos os dispositivos para atuar na forma somática, na forma psicológica, na expressão gestual e comportamental, na expressão dos pensamentos, bio-cognitiva-comportamental-relacional e ambiental. Esta possibilidade viva é a própria manifestação do potencial transformador. Porém é fundamental que a pessoa queira acessar estes dispositivos e praticar. Talvez o grande desafio seja sensibilizar e construir ambientes que oportunizem a mudança. A mudança é um lugar do vivo. Aquela idéia que " pau que nasce torto morre torto" foi um equívoco, fruto de um pensamento linear mas que não corresponde à realidade do vivo. O vivo é AUTO, se constrói, se faz. Fazemos corpo constantemente é um processo vivo. O vivo contém em si o potencial de liberdade, mas é também como liberdade, uma escolha que requer determinação e presença.
Abraços ****

Nenhum comentário:

Postar um comentário