sexta-feira, 14 de outubro de 2011

O NASCIMENTO DO NOVO

No geral o novo nos assusta. Acomodar-se na zona de conforto é um caminho que muitas vezes acaba sendo uma opção, embora dasagregadora. A preguiça é um fator importante a ser considerado, pois mudança pede esforço, determinação, clareza e quando estamos capturados no comodismo, a falta de vontade desponta. A vida na sua inteligência sempre apresenta novas possibilidades, uma vez que ela é por sua natureza adaptativa, transformadora, criadora, autopoiética. Portanto, é sempre possível o nascimento de algo novo. O novo sempre está à nossa disposição, precisamos apenas querer vê-lo e não ter medo de apostar na força renovadora da vida. Entendo que não podemos deixar que o futuro seja escravo do passado, na medida em que a resignação toma forma somática em narrativas envolventes e sedutoras, que impedem a grande potência da criatividade se manifestar. Ter a coragem, alimentando a força interna que faz nascer aquilo que não nasceu ainda mas tem a potência de nascer, é optar pela liberdade.
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário