segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

CONSERTOS DE UMA GRANDE ORQUESTRA

A música faz parte da vida de todos nós, animais humanos ou não humanos. Ser tocado por uma melodia é a experiência amorosa de um coração caliente. Ir aos consertos é um movimento que mobiliza milhões de pessoas no mundo todo. Ouvir uma boa música, estar junto no rítmo com pessoas que vibram no encantamento da musicalidade, alimentando a alma, é viver uma experiência única de infinito. Mas será que lembramos que somos tocados pela musicalidade da vida em nosso organismo? Somos capazes de captar, reconhecer e se encantar com o nosso organismo que é um verdadeiro conserto permanente de pulsos? É isto mesmo: há um conserto de pulsos, rítmos e imagens, que conduzem através de micro canais, uma orquestra pulsátil em nosso organismo vivo e que vai absorvendo o mundo nas aparições dos momentos, nos acontecimentos e encontros do nosso viver. Esta é a musicalidade que se expressa silenciosamente no mais íntimo do nosso ser, em consonância com um organismo que funciona, expressando a sua vida viva e permitindo sua aparição na melodia da respiração, da circulação, das secreções, da digestão, dos líquidos e fluxos, que se organizam no organismo vivo e saudável, para simplesmente expressar a canção da vida. Fazer contato com o conserto de pulsos em nosso corpo, com a nossa consciência, é viver pleno de si mesmo com todos os consertos e orquestras da biosfera. Sentir os pulsos somáticos e sentir os pulsos de uma Nona Sinfonia, é viver no pulso da "anima mundi".
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário