terça-feira, 13 de dezembro de 2011

MAIS PACIÊNCIA

Em tempos do instantâneo, a paciência parece ficar escondida. Na urgência do fazer automático, esperar um pouquinho que seja, aguardar um minutinho apenas, parece ser quase impossível. Porém, nem tudo é instantâneo. Há coisas que precisam de mais tempo, precisam de um ritmo mais constante e lento. Então como adequar os tempos e os ritmos, a velocidade e as frequências? Só a paciência pode nos ajudar a pausar, refletir, compreender para prosseguir com qualidade, senão as respostas ficam comprometidas. A paciência é um dos atributos pessoais como a humildade e o respeito. Enquanto valor, ela afeta a compreensão do tempo. Ela é fundamental para a observação profunda, para a capacidade de uma escuta mais refinada. Sair do senso de urgência, para poder na quietude ouvir, observar e aprender. Há quem diga que ninguém nasce sabendo. A paciência é também uma das virtudes que podem ser aprendidas, através de um sentido de determinação e esforço aplicado, ela pode ser cultivada no cotidiano do viver. Saber esperar é um grande valor. Saber esperar não é abandonar, mas é estar atento ao momento oportuno para a ação adequada. Saber esperar, revela um estado qualificado de presença e auto regulagem, é sabedoria e maturidade.
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário