segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

SABEDORIA DA MATURIDADE

Diante da enorme quantidade de ofertas propostas no cenário das relações, saber escolher não parece ser uma tarefa fácil. Escolhas são feitas momento a momento em nossas vidas, mas nem sempre favorecem a sustentabilidade salutar das diversas relações vividas. Na diversidade de possibilidades, não é incomum as pessoas não saberem como agir e o que fazer, mesmo porque somos uma espécie inacabada e com defeito de "fabricação", ainda! Portanto, é no processo do viver, que a pessoa humana tem a chance de ir construindo em si espaços psíquicos, que lhe permite maturar para discernir nas suas escolhas. Escolhas que considere o outro, o meio e as consequências. Escolhas éticas, fruto de um saber experimentado, refinado, sintonizado, pontuado, feitas na sutileza de um processo de construção de si mesmo. Sabedoria e maturidade caminham de mãos dadas, na presença atenciosa, silenciosa, de escolhas que conseguem abranger o todo, a complexidade, as nuances dos tons que o meio apresenta. Lembrando que a vida é simples, mas como toda simplicidade ela é complexa, porque é refinada, sutil, inclusiva, em movimento constante e por estar em constante mutação a sabeoria da maturidade fará toda a diferença.
Abraços ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário