quinta-feira, 24 de maio de 2012

APRIMORAR O ESPÍRITO HUMANO

Tanto as tradições religiosas como as espirituais, ao longo da história da humanidade, compartilham um propósito comum que é o aprimoramento do espírito humano. Os dias da contemporaneidade tem evidenciado um afastamento entre religião e espiritualidade, embora que tenham direções comuns. As tradições espirituais e as vertentes da mística religiosa, oferecem a meditação como um caminho para a autoconsciência, a auto- realização e transcendência, tendo o silêncio como um lugar de cultivo e aprimoramento do espírito humano. A sabedoria da meditação inclui a sabedoria do silêncio, pois é ele que permite , através da disciplina, a verdadeira peregrinação na direção do crescimento espiritual. Como prática, a meditação harmoniza os aspectos discordantes da consciência, na compreensão e experiência de unidade, revelando aspectos intrínsecos da natureza humana: compaixão, generosidade, tolerância, perdão, bondade, gentileza, paz, alegria, criatividade. Ao liberar e libertar dos aprisionamentos estas qualidades potenciais inerentes da consciência humana, a meditação avança na direção da completude humana, um ser humano pleno. Ser bom, uma pessoa que é bondosa, significa simplesmente que ela tem as dimensões externas e internas unidas, em harmonia com a sua verdadeira natureza. Com a prática, a meditação estabelece uma coerência tranquila no interior do ser humano, estendendo para os outros humanos no viver da vida, no cotidiano relacional. Aprimorar o espírito humano, é estar na completude revelada em cada ato e em cada pensamento, é estar na felicidade genuína e bondade amorosa, é estar livre para que a generosidade da compreensão possa permear encarnadamente e espiritualmente, a pessoa humana. Abraços **** Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário