sexta-feira, 14 de setembro de 2012

BELEZA APESAR DA SECA



Tempo quente, vento quente. Embora a aridez  tome conta do cenário, as flores não perdem a sua beleza. Orquídeas florescem nas mais variadas cores e formas. A vida brota exuberante. Pássaros nascendo em ninhos sabiamente construídos pela inteligência viva da vida. A natureza mostra seu encanto e encanta os olhos de quem consegue se encantar. A sabedoria da natureza oferece preciosos ensinamentos, exemplo de humildade e determinação, vitalidade e acolhimento. As cores intensas revelam a intensidade da vida. Quem de nós seria capaz de sustentar alegria, beleza, encantamento, acolhimento, determinação, apesar da aridez, apesar da secura, apesar das elevadas temperaturas quando os ambientes relacionais se tornam estranhos e ácidos? Quem de nós pode disponibilizar a sua sabedoria amorosa através de uma voz gentil que sabe receber, compreender, incluir, apesar das divergências e incompatibilidades? Quem de nós é capaz de transformar ambientes agressivos, em espaços onde o diálogo cordial e sensato pode mudar o clima das relações? Acredito que esta é uma das inúmeras lições que a natureza nos oferece, a capacidade de promover a vida que vai muito além da mediocridade egoísta.  Estar em paz consigo mesmo, é estar em paz com todos e com tudo. Mesmo os momentos conflitivos, não podem impedir o pulso da vida, afinal ela é muito maior. Mesmo diante dos maiores obstáculos, sempre haverá uma brecha para uma voz cordial, uma face amiga, um gesto receptivo. Sintonizar-se com as forças da vida, é se permitir a exalar as cores e os perfumes da beleza que cada ser humano traz em si, é ter a coragem e a humildade de ser quem se é, potente, leal e legítimo filho da vida. Encantar-se e encantar, é também contentar-se com gratidão e sabedoria.
Abraços    ****
Vivi

Nenhum comentário:

Postar um comentário